A matemática no curso de Licenciatura em Qúımica: um ”mal”necessário?

Ana Carolina Carius, Ricardo Lopes de Souza Júnior, Willian da Silva Leal

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo apresentar os resultados obtidos em um projeto de pesquisa desenvolvido no curso de Licenciatura em Química do Instituto Federal do Rio de Janeiro, campus Duque de Caxias. Uma das maiores problemáticas que o curso de Licenciatura em Química enfrenta, desde sua abertura, em 2009, é a enorme evasão e reprovação dos estudantes que ingressam no curso. Em pesquisa informal, muitos estudantes se queixavam das dificuldades encontradas nas disciplinas que envolviam matemática como fator desmotivador ao prosseguimento dos seus estudos. Diante deste quadro, propusemos um projeto de pesquisa, o qual buscou identificar com mais clareza as causas do fenômeno de evasão e retenção e estudar o perfil dos ingressantes no curso de Licenciatura em Química, mantendo a dificuldade em matemática como foco principal da pesquisa. Num segundo momento, desenvolvemos uma nova metodologia de ensino para as disciplinas matemáticas, utilizando como ferramenta principal a aplicação da modelagem matemática em problemas ligados à área de qúımica. Sendo assim, os estudantes teriam a oportunidade de relacionar os conhecimentos das duas áreas desde o início de sua vida acadêmica na Licenciatura em Qúımica. Por fim, apresentamos as conclusões da nova metodologia empregada.


Palavras-chave


Reprovação, Evasão, Cálculo Diferencial e Integral, Interdisciplinaridade, Modelagem Matemática Aplicada ao Ensino da Química.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2015.003.02.0125

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato