Estudo de um Modelo Matemático para a Dinâmica Populacional do Vetor Aedes Aegypti

Priscila Martins Barbosa, Lillia dos Santos Barsante, José Luiz Acebal Fernandes, Álvaro Eduardo Eiras

Resumo


Aedes aegypti é o vetor de várias doenças, dentre elas a dengue, chikungunya e o zika vı́rus. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que de 50 a 100 milhões de pessoas são infectadas com a pandemia dengue em mais de 100 paı́ses. Já a febre chikungunya, tem afetado milhões de pessoas e estudos indicam que o zika vı́rus está associado ao grande aumento de microcefalia [4]. O desenvolvimento de modelos matemáticos que descrevem a ecologia do vetor e epidemiologia dos vı́rus, tem aumentado sua importância. Neste sentido, um modelo de dinâmica populacional de mosquitos A. aegypti é proposto neste trabalho, a fim de prever seu grau de infestação baseado em dados meteorológicos. É feito um estudo analı́tico do modelo e explicitados seus pontos de equilı́brio e estabilidade. Através da solução numérica, os resultados são comparados com dados experimentais de Índice Médio de Fêmeas Aedes da cidade de Lavras (Minas Gerais, Brasil).


Palavras-chave


Modelo, Temperatura, Pluviosidade, Aedes aegypti.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2017.005.01.0067

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato