Um estudo de modelos de tuberculose via equações diferenciais

Ana Maria da Silva, Ligia Corrêa de Souza

Resumo


De acordo com [2], a modelagem matemática em epidemiologia é feita por meio do estudode equações que descrevem a interação entre a população e o ambiente, resultando numa análise detalhada a respeito da doença. [...]

Texto completo:

PDF

Referências


Bussab, W. O., Morettin, P. A.Estat ́ıstica B ́asica, 6a.edi ̧c ̃ao. Saraiva, S ̃ao Paulo, 2010.

Luiz, M. H. R. Modelos Matem ́aticos em Epidemiologia, Tese de Doutorado, Unesp, 2012.

Marcolino, R. S. Modelos Matem ́aticos Epidemiol ́ogicos da Tuberculose em Cod ́o-MA, Dis-serta ̧c ̃ao de Mestrado, Unicamp, 2016.

Prince, A. E. O Clima de Campos do Jord ̃ao e a Tuberculose no s ́eculo XIX, volume 11, p.57-74, 2017. DOI:10.5654/acta.v11i25.4292.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato