Ajuste do intervalo de tempo para integraçao do modelo OLAM com grade de resolução variável

Mariano Pereira Silva, Pedro Leite da Silva Dias, Carla Osthoff, Roberto Pinto Souto

Resumo


Modelos de circulação atmosférica meteorológicos têm grande uso, mas demandam grande poder computacional. O modelo OLAM - Ocean Land Atmospheric Model apresenta um núcleo dinâmico moderno, baseado na discretização em volumes finitos, com escalabilidade alta. OLAM é um modelo global que possibilita a implementação de grades com refinamento até poucos metros de resolução em função das aproximações usadas e das opções de tratamento da turbulência. Modelos numéricos para previsão de tempo e clima fazem sucessivas previsões de curtı́ssimo prazo encadeadas. O intervalo entre as previsões sucessivas é chamado de ∆T. Este trabalho tem como objetivo analisar o OLAM em diferentes grades e obter uma curva de ∆T para facilitar o trabalho de se estabelecer o ∆T máximo. O ∆T tem um custo computacional considerável no OLAM principalmente porque não muda para as grades aninhadas. O estudo foi realizado em um ambiente de cluster com 60 cores Xeon utilizando o padrão MPI.


Palavras-chave


∆T, Modelos Numericos, Circulação Atmosférica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2017.005.01.0092

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato