Estimativa dos Coeficientes de Desoxidação e Reaeração Via Equações de Streeter-Phelps e Inferência Bayesiana na Praia das Palmeiras em Cabo Frio.

Maiquison dos Santos Friguis, Maria Trindade Gago Guimarães, Gessé Pereira Ferreira

Resumo


O oxigênio dissolvido na água (OD) promove a respiração branquial dos peixes
e possibilita a oxidação do material orgânico presente na água. A demanda biológica de oxigênio (DBO), quando elevada, gera a necessidade de grandes taxas de OD para oxidação, prejudicando a respiração dos peixes. Portanto, é fundamental o monitoramento do OD, pois este é condição predominante para a preservação da vida em um ambiente aquático. Este trabalho propôs ajustar os coeficientes da equação de Streeter e Phelps, através de inferência Bayesina, a fim de que o modelo se adequasse as condições encontradas na Praia das Palmeiras, localizada no Estado do Rio de Janeiro. A estimativa obtida para os coeficientes do modelo se comportou de forma compatı́vel com problemas dessa natureza.


Palavras-chave


Qualidade da Água; Oxigênio Dissolvido; Streeter-Phelps; Inferência Bayesiana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2017.005.01.0493

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato