Validação do Método dos Elementos Discretos para o escoamento de grãos de soja

Rodolfo França de Lima, Oleg Khatchatourian, Manuel Osório Binelo, Vanessa Faoro, Rodrigo Luiz Antoniazzi, Eliezer José Balbinot

Resumo


A modelagem matemática do fluxo de grãos é um problema difı́cil de ser modelado, dada a natureza discreta do meio. Algumas pesquisas recentes estão sendo direcionadas para a análise do escoamento de materiais granulares em silos e secadores de grãos. Pesquisadores tem se dedicado a estudar a modelagem do fluxo de grãos, através de simulações numéricas, entre algumas técnicas de simulação está o Método dos Elementos Discretos (MED). Neste trabalho foram criadas simulações numéricas do comportamento do fluxo de
grãos de soja em uma geometria tridimensional reduzida que imita, parcialmente, caracterı́sticas de um secador de fluxo misto. De maneira a confrontar e validar os dados gerados pelas simulações foi construı́do um aparato experimental idêntico ao modelo usado nas simulações. Por fim conclui-se que o MED implementado no pacote de software Yade modelou corretamente o fluxo de soja dentro de uma geometria não-trivial, análogo ao usado no se-
cador de fluxo misto. Os resultados das simulações foram muito satisfatórios, concordando com os experimentos não apenas sobre o tempo de descarga, mas também sobre os padrões de escoamento da massa de grãos ao longo do processo de descarga.


Palavras-chave


Fluxo de Grãos, Método dos Elementos Discretos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2017.005.01.0409

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato