Modelagem da turbulência gerada pela quebra de ondas oceânicas

Iury Angelo Gonçalves, Valdir Innocentini, Luciana de Freitas Tessarolo

Resumo


 Trocas de massa e momentum entre o oceano e a atmosfera são significativamente influenciadas pela presença da agitação marítima. Experimentos em laboratório, assim com observações em alto mar, mostram que o crescimento da turbulência está associado ao aumento da agitação do mar e à quebra de ondas. Neste artigo, as formulações para a turbulência induzida pelas ondas foram aplicadas em um modelo unidimensional de camada limite com os fluxos parametrizados com a teoria de similaridade. Os resultados mostram que as ondas têm uma contribuição significativa na distribuição de momentum. Quando o efeito das ondas é considerado, a rugosidade do mar aumenta, reduzindo a velocidade do vento próximo à superfície em aproximadamente 25%. Essa redução é consequência da maior transferência de momentum da atmosfera para o oceano. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2018.006.01.0390

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato