Uma Formulação Matemática Bi-objetiva para Alocação de Facilidades e Centros Consumidores

Angelo Aliano Filho, Ana Paula da Silveira Vargas, Cristiana Inês Judar

Resumo


O presente estudo propõe uma formulação matemática inédita de programação não-linear inteira bi-objetiva e duas técnicas de resolução para alocação de facilidades e centros consumidores em uma rede composta de nós e arestas. O modelo aloca um conjunto de facilidades e clientes nos nós dados escolhendo, de maneira que (i) a distância entre as facilidades e os centros consumidores e (ii) entre as facilidades, ambas sejam minimizadas. O modelo prevê o atendimento da demanda de cada centro consumidor e respeita a capacidade máxima de distribuição de cada facilidade e, ainda, dimensiona o transbordo de mercadorias entre as facilidades e os consumidores. Para resolver estes modelos não-lineares, foi necessário empregar técnicas de linearizações de programação inteira e um método de escalarização multi-objetivo para determinar um conjunto de soluções eficientes. Testes computacionais iniciais permitiram gerar algumas destas soluções, auxiliando o decisor para que tenha mais segurança em sua tomada de decisão.


Palavras-chave


Pesquisa Operacional, Otimização Multi-objetivo, Modelagem Matemática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2018.006.02.0341

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato