Geometria Fractal: uma Proposta de Utilização para a Educação Básica

Ana Eliza Pescini, Andriceli Richit, Eliane Suely Everling Paim, Karla Aparecida Lovis

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados parciais de um projeto de pesquisa desenvolvido no Instituto Federal Catarinense - Campus Concórdia, cuja finalidade é pesquisar as perspectivas para o uso da Geometria Fractal na Educação Básica e no Ensino Superior, por meio de materiais manipuláveis e softwares. No que se refere à Geometria Fractal, ressaltamos que ela está pouco presente na Educação Básica, bem como no Ensino Superior. Com relação a essa área do conhecimento, podemos afirmar que a Geometria Fractal diferentemente da Geometria Euclidiana nos apresenta objetos que possuem dimensão fracionária, traçado de formas irregulares, fragmentadas, de saliências e depressões, formas estas presentes na natureza. Um objeto fractal é definido a partir de três caracterı́sticas, sendo elas: autosemelhança, dimensão fracionária e complexidade infinita. Santaló (2006, p.22) [2] destaca que, nas últimas décadas, a Geometria Fractal [...]


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato