Modelagem e Simulação da Dispersão de Poluição no Desastre de Mariana Utilizando o Método de Diferenças Finitas

Marina Lima, Gislaine O. Queiros, Cristian C.E. Morillo

Resumo


No dia 5 de novembro de 2015, a cidade de Mariana - MG, foi o cenário principal do maior desastre ambiental da História do Brasil. A barragem de Fundão da mineradora Samarco, se rompeu, provocando o vazamento de 62 milhões de metros cúbicos de lama de rejeitos de minério, que atingiu o Rio Doce, afetando drasticamente o abastecimento de água para a região, resultou na destruição do distrito de Bento Rodrigues e lançou uma onda de lama ao longo do Rio Doce. Diante desse desastre, o objetivo do presente trabalho é propor uma simulação realista para o desastre ambiental ocorrido em Mariana. Neste estudo, utilizamos a equação de difusão-advecção-reação de Fick e sua solução numérica a partir do Método de Diferenças Finitas [3] e o Método de Crank-Nicolson [1] com a implementação computacional em MatLab R .


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato