Previsão de Convulsões com o Uso de Redes Complexas

Gustavo H. Tomanik, Andriana S. L. O. Campanharo

Resumo


A epilepsia é definida como uma desordem cerebral caracterizada por uma pré-disposição à geração de convulsões. Tais convulsões são fracamente controladas em mais de 30% dos pacientes epilépticos, sendo necessárias intervenções médicas. Desta forma, existe a necessidade de tratamentos inovadores para o tratamento desta desordem. As atividades neuronais extra e intracraniana de indivı́duos sadios e doentes podem ser obtidas por meio da técnica de EletroEncefaloGrafia (EEG). Essa técnica consiste no registro gráfico das correntes elétricas desenvolvidas no encéfalo, obtido através de eletrodos aplicados no couro cabeludo, na superfı́cie encefálica, ou até mesmo dentro da substância encefálica [6].[...]


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato