Análise de um Modelo VEC para Explicar as Variações da Taxa de Câmbio

Angelo Fernando Fiori, Camila Cristina Lopes

Resumo


Em economias globalizadas como as de hoje, há a necessidade de haver uma moeda de troca internacional. Esta moeda hoje é representada pelo dólar americano. O dólar é, portanto, um fator determinante na economia de países com economias abertas ao comércio internacional, como a brasileira. Assim, objetiva-se com este trabalho verificar quais são os fatores que mais afetam as variações no dólar, buscando analisar a interferência das importações, exportações, taxa Selic e dos investimentos estrangeiros nas variações da taxa de câmbio. Para isso utilizou-se conceitos econométricos e um modelo de previsão VEC para as séries de tempo em questão, onde foi possível verificar que em longo prazo as importações e exportações afetam de maneira mais decisiva nesta variação enquanto em curto prazo as alterações da taxa de juros e dos investimentos externos fazem a taxa variar mais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2014.002.01.0028

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato