Aplicação de modelos de sobrevida no tempo de cura de hansenı́ase

Daiana De Oliveira Gonçalves, Fabricio Goecking Avelar, Natália da Silva Martins Fonseca

Resumo


A hansenı́ase é uma infecção granulomatosa crônica, causada pelo bacilo Mycobacterium leprae, apresentando alta contagiosidade e baixa morbidade [3]. Em 2011, foram detectados 228.474 casos dessa doença no mundo, sendo que o segundo lugar com maior número de casos, em valores absolutos, foi ocupado pelo Brasil, passando à frente somente da Índia. Com esses resultados, fomos um dos poucos paı́s a não atingir a meta de diminuição/erradicação da hansenı́ase como problema de saúde pública. Essa doença tem tratamento, e quanto mais precocemente diagnosticada e tratada mais rapidamente pode-se ter a cura do paciente. Tendo em vista a importância de cura da hansenı́ase para o setor de saúde pública, bem como os fatores que possam influenciar na cura dessa doença, este estudo objetiva: propor um modelo de sobrevida capaz de descrever o tempo até a cura de pacientes portadores da hansenı́ase e os fatores a ela atrelados. Sabe-se que os modelos paramétricos de sobrevivência são capazes de descrever, de modo mais preciso que os modelos não paramétricos e semi-paramétricos, o tempo até a cura dos pacientes [2]. [...]


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato