Um estudo de quantificação de incertezas e análise de sensibilidade de funções de fluxo fracionário da equação de Buckley-Leverett

Andrés Valdez, Rodrigo Weber dos Santos, Grigori Chapiro, Bernardo M. Rocha

Resumo


Uma das equações mais utilizadas para descrever o escoamento bifásico de meios porosos em reservatórios é a equação de Buckley-Leverett. Este modelo é definido em conjunto a uma função de fluxo fracionário, a qual define diferentes regimes de escoamento. Neste trabalho, um grupo de modelos para a descrição da permeabilidade relativa, as quais compõem o fluxo fracionário, para água e óleo (ou água e gás) são estudados com relação a incertezas presentes nos parâmetros que definem estes modelos. A solução da equação de Buckley-Leverett é então analisada considerando-se a propagação de incertezas nos seus dados de entrada e verificando-se o efeito em quantidades de interesse relevantes. Além disso, realiza-se uma análise de sensibilidade dos modelos quando estes são tratados com incertezas. Os resultados desse trabalho mostram quais os parâmetros dos modelos de permeabilidade relativa considerados possuem mais impacto na saı́da das simulações.


Palavras-chave


Buckley-Leverett, permeabilidade relativa, quantificação de incertezas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2020.007.01.0449

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato