Câncer cerebral modelado matematicamente

Regiane Aparecida Nunes de Siqueira, Fernando da Silva Borges, Kelly Cristiane Iarosz, Antonio Marcos Batista

Resumo


Neste trabalho analisa-se modelos matemáticos que descrevem a dinâmica de populações. Os modelos estudados descrevem a interação das células tumorais com o sistema imunológico e propiciam a proposta de um modelo de controle para proliferação celular descontrolada em regiões cerebrais. O sistema imunológico proposto é constituído por células de repouso e células de caça. As células de repouso se convertem em células de caça, porém não imediatamente, havendo assim a inserção de um tempo de atraso nas equações diferenciais utilizadas. As interações entre as células normais e tumorais utilizadas são competitivas para os recursos disponíveis e o agente quimioterápico entra no modelo como um predador para células normais e cancerígenas. Na proposta de controle da proliferação de células tumorais considera-se o processo de metástase de um foco primário para um foco secundário com um tempo de atraso e apresenta-se um modelo que descreve o tratamento de um tumor cerebral por meio da injeção de agentes quimioterápicos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2013.001.01.0034

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato