Ensino remoto de matrizes: o uso da WebQuest como recurso digital para propiciar a aprendizagem significativa

Paula Boito, Rosana Maria Luvezute Kripka, Eduarda Cericato Ferrareze

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência, vivenciada no período da pandemia da COVID-19, com a utilização de uma WebQuest, desenvolvida sobre matrizes e operações, como alternativa pedagógica para o ensino de matemática. A WebQuest foi elaborada por um grupo de pesquisa da Universidade de Passo Fundo (UPF) e utilizada por 108 estudantes do 2o ano do Ensino Médio, de uma escola privada do Rio Grande do Sul. Devido à pandemia da COVID-19 e às características da proposta, percebeu-se que essa estratégia pedagógica também poderia ser usada no ensino remoto. Verificou-se que a metodologia possibilitou o estímulo da autonomia dos estudantes na aprendizagem, pois, durante o processo, eles puderam se aprofundar no tema sem a interferência do professor, o qual participou como mediador na construção desse conhecimento. Ao término da proposta, pelas avaliações realizadas pelo professor e pelos relatos dos estudantes, foi possível perceber que além de despertar o interesse dos estudantes, a WebQuest propiciou um ambiente de aprendizagem significativa dos conceitos abordados.  


Palavras-chave


Ensino e aprendizagem; WebQuest; Tecnologias Digitais; Matrizes

Texto completo:

PDF

Referências


Borba, M. C. e Villarreal, M. E. Humans-with-media and the reorganization of mathematical thinking: information and communication technologies, modeling, experimentation and visualization. Springer, New York, 2005.

Dodge, B. WebQuests: a technique for Internet-based learning. The Distance Educator.. v. 1, 2:10-13, 1995.

Fim, C., F.; Pinto, P. C. e Kripka, R. M. L. Utilização da metodologia WebQuest nas aulas de matemática: uma proposta para o estudo de matrizes. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática (RBECM). v. 1, 1:32-40, 2018.

Fim, C. F. e Kripka, R. M. L. Aprendizagem em matemática por meio de recursos da Web­Quest: diferentes usos e indicativos. In: SOUZA, S. A. (Org.) O ensino aprendizagem face às alternativas epistemológicas 3 [recurso eletrônico]. Atena, Ponta Grossa Atena, 2020. 56-66 (Coleção O Ensino Aprendizagem face às Alternativas Epistemológicas)

Kenski, V. M. Aprendizagem mediada pela tecnologia. Revista Diálogo Educacional, v. 4, n:47-56, 2003.

Kripka, R. M. L.; Silva, L. D.; Ferrareze, E. C.. EXPERIÊNCIA COM USO DE UMA WEBQUEST PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE EQUAÇÕES DE 2o GRAU. In: Navarro, E. R.; Sousa, M. C. (Orgs.). Educação Matemática em Pesquisa: Perspectivas e Tendências - Volume 2 Editora Científica, Belo Horizonte, 2021, p. 285-304.

Lévy, P. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática, 2a. edição. Trad. Carlos Irineu da Costa.Editora 34, Rio de Janeiro, 2010.

Moran, J. M Ensino e aprendizagem inovadores com apoio de tecnologias. In: Moran, J. M.; Masetto, M. T. e Behrens, M. A. (Orgs.) Novas tecnologias e mediação pedagógica, 21a edição. Papirus, Campinas, 2013. 11-72. (Coleção Papirus Educação).

Valente, J. A. A Comunicação e a Educação baseada no uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação Revista UNIFESO - Humanas e Sociais, 1:141-166, 2014.




DOI: https://doi.org/10.5540/03.2021.008.01.0401

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato