Uma experiência da inserção de noções de matemática financeira no Ensino Técnico

Luis Antonio S Vasconcellos, Fernando Trindade Fanali

Resumo


Este trabalho propõe a inserção de atividades envolvendo noções de matemática financeira no conteúdo desenvolvido para os alunos do útimo ano do ensino médio de uma Escola, no caso de ensino técnico. Entende-se que apesar da formação fundamentada na conclusão do ensino médio, há defasagem de alguns temas, dentre estes, a matemática financeira, apesar da sua utilização frequente. Dessa forma, foram apresentados alguns tópicos de matemática financeira e finanças pessoais e como aplicação, foram desenvolvidas algumas dinâmicas com os alunos dos primeiros anos do ensino médio e dos cursos técnicos de administração (idades entre 16 e 60 anos) de uma Escola Técnica na cidade de Lins-SP, com a finalidade que atuassem como consultores financeiros em quatro atividades: cheque especial, crédito pessoal e habitacional e previdência privada. Um espaço foi designado para cada uma das atividades que tiveram em torno de 300 pessoas, sendo na sua maioria, alunos do período noturno da escola. Ao final, apresenta-se uma análise dos problemas discutidos, bem como dos conteúdos utilizados nas discussões e soluções dos problemas propostos, uma visão geral das experiências vividas pelos alunos.  


Palavras-chave


Matemática Financeira; Economia; Finanças Pessoais, Educação Financeira; Ensino Técnico; Escola Pública.

Texto completo:

PDF

Referências


Assaf Neto,A. A Matemática Financeira e suas aplicações. 4a ed, Atlas, São Paulo, 1998.

Barbosa, J.M. et. all. Manual das Finanças Pessoais. Editorial Arcádia, Campinas, 2011.

Caramelo, C. B. DA S, Oliveira, R.Z.G. Educação financeira: uma introdução através de um software, CQD - Revista Eletrônica Paulista de Matemática. Bauru, v. 10, p. 93-109, 2017.

Cerbazi, G. Como organizar sua vida financeira, Ed. Sextante, São Paulo, 2015.

Comité Nacional da Educação Financeira. Educação Financeira nas Escolas: ensino médio. 1 ed. rev, CONEF, Brasília - DF, 2013.

Demo,P. Educar pela pesquisa, ed.9: Autores Associados, Campinas, 2011.

Fanali, F.T. Aplicações das Finanças na Educação Básica, 2019, 63 p. Dissertação (Mestrado em Matemática em Rede Nacional), Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, 2019.

Kern, D.T.B. Uma reflexão sobre a importância de inclusão de Educação Financeira na Escola Pública, 2009, 200 p. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências Exatas). Centro Universitário Univates, Lajeado - RS, 2009.

Krugman, P.; Wells, R. Introdução a Economia. Elsevier, Rio de Janeiro, 2007.

Leithold,L. Matemática aplicada à economia e administração. Harbra, São Paulo, 2001.

Martins,J.P. Educação Financeira ao alcance de todos. Ed. Fundamento Educacional, São Paulo, 2004.

Matta, R. O. B. Oferta e demanda de informação financeira pessoal: o programa de educação financeira do Banco Central do Brasil e os universitários do Distrito Federal, 2007. 214 p. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação, Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

Morgado, A. C.; Carvalho, P. C. P. Matemática discreta. SBM, Rio de Janeiro, 2013.

Morin, E.Os sete saberes necessários à educação do Futuro. Cortez, São Paulo, 2000.

Morin, E.; Terena, M. Saberes globais e saberes locais: o olhar transdisciplinar. Garamond, Rio de Janeiro, 2000.




DOI: https://doi.org/10.5540/03.2021.008.01.0499

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato