Cotas para o número de orientações de um grafo evitando famílias fixas de grafos orientados

Matheus Micadei Marzo, Carlos Hoppen

Resumo


Erdős propôs, em 1974, um problema envolvendo grafos orientados: um grafo orientado H é um grafo em que para cada aresta {u, v} é associada a direção uv[...]

Texto completo:

PDF

Referências


N. Alon e R. Yuster. “The number of orientations having no fixed tournament”. Em: Combinatorica 26.1 (2006), pp. 1–16. doi: 10.1007/s00493-006-0001-6.

M. Bucić, O. Janzer e B. Sudakov. “Counting H-free orientations of graphs”. Em: arXiv preprint arXiv:2106.08845 (2021). doi: 10.48550/arXiv.2106.08845.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato