Dilema do Prisioneiro Evolutivo: Uma Análise Inicial

Autores

  • Marcelo Cargnelutti Rossato
  • João Frederico da Costa Azevedo

DOI:

https://doi.org/10.5540/03.2023.010.01.0040

Palavras-chave:

Teoria dos Jogos, Dilema do Prisioneiro, Jogos Evolutivos, Estratégia Evolutivamente Estável

Resumo

A teoria dos jogos possibilita a modelagem matemática de diversas situações com inte- rações entre indivíduos racionais, tendo aplicações nas ciências políticas, econômicas, biológicas e sociais, por exemplo. Assim, este trabalho tem como objetivos apresentar de forma didática e construtiva o dilema do prisioneiro nas suas versões original, iterativa e evolutiva e fazer uma análise de diferentes estratégias que podem ser adotadas nesses cenários. Foi possível concluir que os melhores resultados nos jogos com repetição são geralmente obtidos com estratégias bondosas e retaliatórias, que incentivam a cooperação com os outros jogadores, mas também punem a falta de cooperação alheia. Além disso, notou-se na versão evolutiva que nenhum jogador sozinho consegue prosperar com outra estratégia em um ambiente dominado por jogadores que não cooperam, mas um grupo de tamanho suficiente de jogadores é capaz de alterar a estratégia dominante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Cargnelutti Rossato

IMECC/Unicamp

João Frederico da Costa Azevedo

IMECC/Unicamp

Referências

Robert Axelrod. The Evolution of Cooperation. New York: Basic, 1984.

Nicky Case. The evolution of trust. Online. Acessado em 10/03/2023, https://ncase.me/trust/.

Richard Dawkins. The selfish gene. Oxford university press, 1976.

John Nash Jr. “Non-cooperative games”. Em: Essays on Game Theory. Edward Elgar Publishing, 1996, pp. 22–33.

William Poundstone. Prisoner’s dilemma: John von Neumann, game theory, and the puzzle of the bomb. Anchor, 1993.

J Maynard Smith e George R Price. “The logic of animal conflict”. Em: Nature 246.5427 (1973), pp. 15–18.

John Von Neumann e Oskar Morgenstern. “Theory of games and economic behavior”. Em: Theory of games and economic behavior. Princeton university press, 1944.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Edição

Seção

Trabalhos Completos