Interação de ondas da superfície do mar com obstáculos flutuantes e submersos

Rômulo Lima da Gama, Leandro Farina

Resumo


 A interação das ondas oceânicas com corpos flutuantes e submersos é um problema constantemente estudado e presente na literatura, como em [1]. Os principais casos estudados são na presença de uma superfície livre limitando o fluido. Em [3] é apresentado o caso conhecido como problema de doca, onde o obstáculo flutua. A solução deste problema pode ser obtida resolvendo a equação integral de contorno para um potencial de velocidade φ. O segundo caso, onde o corpo está completamente submerso, é investigado em [2]. A principal característica notada é a ocorrência de frequências ressonantes onde a força hidrodinâmica assume máximos locais. Neste trabalho iremos estudar as ondas e suas implicações em estruturas rígidas com componentes finos submersos, que são partes integrantes de plataformas construídas para atuarem na indústria do petróleo. Inicialmente vamos considerar como obstáculo um disco plano. Matematicamente esse problema permite uma formulação em termos de uma equação integral cuja solução pode ser obtida expandindo o potencial de velocidade em funções de Legendre. Supomos que os movimentos do fluido são de pequena amplitude, simplesmente harmônicos e que o mesmo é incompressível e não viscoso. Denotamos por φ o potencial de velocidade e por [φ] a descontinuidade em φ sobre a superfície do disco. As condições satisfeitas por φ, são a equação de Laplace [...] 


Palavras-chave


Ondas Oceânicas, Equações integrais, Hadamard

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2015.003.01.0247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato