Avaliação das simplificações da teoria unidimensional de vigas através do Método dos Elementos de Contorno

André Barbosa Freitas, Carlos Friedrich Loeer

Resumo


Este trabalho aproveita as potencialidades de um modelo bidimensional do Método dos Elementos de Contorno (MEC) [1] para avaliar as limitações das aproximações na teoria unidimensional de vigas, dada pela resistência dos materiais (TRM) [2], examinando os efeitos das condições de contorno, que usualmente são gravemente simplificadas. O MEC é aplicável em diversas áreas tecnológicas, sendo alvo de pesquisas atuais [4]. Dois problemas de viga carregadas são resolvidos através da simulação numérica. As simulações do MEC usaram malhas lineares, cujos resultados tiveram boa concordância com as soluções da teoria matemática da elasticidade (TME), especialmente no campo de tensões.

Palavras-chave


Método dos Elementos de Contorno, Análise de Vigas, Elasticidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2015.003.02.0061

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato