Um método do tipo Lagrangeano-Euleriano aplicado a uma lei de balanço escalar com fluxo descontı́nuo e termo fonte de Dirac

Diego Soares Monteiro da Silva, Panters Rodrı́guez-Bermúdez, Diomar Cesar Lobão, Gustavo Benitez Alvarez

Resumo


Neste trabalho usa-se o esquema de diferenças finitas Lagrangeano-Euleriano para uma lei de balanço que modela um escoamento bifásico de fluidos imiscı́veis em um meio poroso, com um termo de fonte singular do tipo δ de Dirac que representa uma injeção pontual. Assume-se que o escoamento acontece na direção vertical considerando efeitos gravitacionais, ao mesmo tempo que efeitos de pressão capilar são negligenciados. A presença do termo fonte δ de Dirac implica em uma descontinuidade (na variável espacial) da função de fluxo, fato que dificulta a implementação numérica, tanto pela própria descontinuidade quanto pela necessidade de regularizar convenientemente a função δ.


Palavras-chave


Lei de Balanço, Meios Porosos, Problema de Riemann, Fluxo Des- contı́nuo, δ-Dirac, Esquema Lagrangeano-Euleriano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2017.005.01.0171

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato