Análise de Séries Temporais Fisiológicas através de Redes Complexas

Gustavo H. Tomanik, Andriana S. L. O. Campanharo

Resumo


A caracterização da dinâmica de um sistema a partir de séries temporais experimentais e sintéticas é um problema de interesse contínuo em uma grande variedade de campos de investigação científica [4]. A análise de séries temporais é usada, por exemplo, na classificação e identificação de condições patológicas de pacientes com base em dados de encefalograma, respiração, batimento cardíaco, entre outros, o que permite inúmeras possibilidades de procedimentos terapêuticos não invasivos e o aumento da capacidade de diagnóstico [1, 2].

Estudos recentes mostram que é possível estudar a dinâmica de séries temporais a partir de conceitos provenientes da teoria de redes complexas. Uma rede complexa ´e descrita por um conjunto de vértices (nós) e arestas (conexões) e algum tipo de interação entre os mesmos. O estudo de redes complexas utiliza conceitos da Teoria de Grafos, da Mecânica Estatística, da Física Não-Linear e de Sistemas Complexos [4].

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato