Usando o GeoGebra na Construção do Conceito de Derivada no Ponto

Ana Júlia da Silva, Natani Lacerda, Geferson da Silva, Lecir Dorneles, Cláudia Piva, A. Patricia Spilimbergo

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar a análise de uma oficina, desenvolvida como atividade extracurricular, realizada com um grupo de alunos do curso de Agronomia da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ, a qual visava possibilitar a estes alunos, um aprofundamento dos conceitos desenvolvidos na disciplina de Matemática II, a qual enfoca conceitos de Cálculo Diferencial e Integral.      A oficina proposta, organizada conjuntamente com a professora da disciplina, foi aplicada pelos acadêmicos do curso de Matemática - Licenciatura, nas dependências do Laboratório de Matemática da referida universidade, durante o 2º semestre do ano de 2013. A mesma consistiu em atividades utilizando o software GeoGebra, visando a construção do conceito de derivada no ponto. A opção pelo GeoGebra se deu, pelo mesmo ser disponibilizado gratuitamente e ainda oferecer diferentes possibilidades que permitem, a construção de conceitos, através de simulações gráficas, além de, reforçar a importância do uso de softwares em aula de matemática [1].  Como evidencia Simon [2], sobre as Trajetórias Hipotéticas de Aprendizagem, é necessário que os professores de matemática estabeleçam hipóteses sobre os conhecimentos prévios de seus alunos, para que possam idealizar a trajetória ou desenvolvimento das situações de aprendizagem de suas aulas. Dessa forma, a oficina foi elaborada considerando o conhecimento que os alunos já possuíam e o conhecimento que eles precisavam possuir para entender o conceito de derivada, corroborando com esta teoria, quando aponta a importância de uma trajetória de aprendizagem, na tentativa de sanar dificuldades e construir conceitos. Assim, com este propósito, inicialmente na oficina foi apresentando aos alunos os conceitos de reta tangente e secante a uma curva qualquer. Na sequência, o grupo escolheu a curva quadrática, x2x)x(f 2  , para representá-la no software e a partir dela realizar as construções das retas. Após as orientações iniciais de uso do GeoGebra, e a representação da curva quadrática, os alunos construíram um ponto fixo e outro deslizante sobre esta curva, para assim representar a reta secante e a reta tangente. A partir desta construção os alunos realizaram movimentos com o ponto deslizante tendendo ao ponto fixo, e com isso observaram a variação do coeficiente angular da reta secante se aproximando ao coeficiente angular da reta tangente, para um incremento de 0,1.

Palavras-chave


GeoGebra, Derivada, Atividade Computacional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2015.003.01.0489

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato