Modelo de Timoshenko para vibração de vigas em nanoescala segundo a teoria do gradiente de deformação

Leticia Tonetto, Julio Cesar Ruiz Claeyssen

Resumo


Nesse trabalho considera-se o comportamento dinâmico de vigas, que são utilizadas em nanotecnologia, tais como, modelagem em microscopia de força atômica, nanotubos de carbono e micro/nano dispositivos eletromecânicos. O modelo clássico de Timoshenko sofre alterações, baseadas na teoria do gradiente de deformação, a fim de capturar os efeitos da mudança de escala. Soluções espaciais e frequências naturais são obtidas utilizando o método modificado da decomposição de Adomian. Resultados comparativos mostram que os efeitos não-locais tem mais influência sobre as frequências naturais quando a espessura é comparável a medida característica de comprimento interno.

Palavras-chave


vibração de nanovigas, modelos não-locais, método da decomposição de Adomian.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5540/03.2015.003.02.0038

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SBMAC - Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional
Edifício Medical Center - Rua Maestro João Seppe, nº. 900, 16º. andar - Sala 163 | São Carlos/SP - CEP: 13561-120
 


Normas para publicação | Contato